Dólar fecha em queda pelo segundo dia consecutivo negociado a R$ 3,84

Fala mais suave do presidente do FED em relação ao aumento de juros nos EUA deu fôlego ao mercado; Bolsa subiu

RIO e SÃO PAULO — Depois de um discurso mais suave do presidente do banco central americano (o Federal Reserve), Jerome Powell, em relação à trajetória de juros nos Estados Unidos, a moeda americana voltou a fechar em queda frente ao real, pelo segundo dia consecutivo.

O dólar fechou negociado a R$ 3,84% uma queda de 0,85%.

O dólar vinha em trajetória de queda, pela manhã, depois de um leilão de linha do BC, ontem, que ofertou US$ 2 bilhões, e a realização de um novo leilão, nesta quarta. Mas, no início da tarde, a divisa inverteu o sinal e passou a subir, chegando a R$ 3,88, com a expectativa em relação ao discurso de Jerome Powell, o presidente do Federal Reserve.

O mercado esperava que ele fosse mais duro, sinalizando um aumento de juros mais forte nos EUA, o que não aconteceu. Por isso, o dólar voltou a cair frente ao real – explicou o especialista em câmbio da Frente Corretora, Robert Awerianow.

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *