Frente corretora de câmbio - Viagem para o chile, conheça a catedral metropolitana

Aproveite o Carnaval no Chile

Passadas as festividades de final de ano, logo nos vem à cabeça os planos para o próximo feriado: o Carnaval.

]Seja qual for o seu plano essa data é uma excelente oportunidade para viajar, mesmo que o seu objetivo seja descansar. Se levar em consideração destinos próximos é possível conciliar passeios, descanso e ainda conhecer outro país.

A apenas 4 horas de viagem, o Chile é uma boa opção se você deseja um lugar agradável e longe da folia do Brasil. Nesta época do ano o país está no verão assim como nós, portanto, se o seu objetivo é neve, esqueça! Mas, ainda assim oferece muitas atrações e a possibilidade de conhecer o país além da visão turística.

Santiago é uma cidade cosmopolita e por contar com um amplo sistema metroviário é possível conhecer diversos lugares durante o dia gastando pouco.

Como sugestão e obrigação vá aos Cerros San Cristóbal e Santa Lucía e, ao sair deste segundo, a poucos metros está o charmoso bairro Lastarria que reúne boa gastronomia e cultura. Se você gosta de caminhar, recomendo que ao final da Calle Lastarria conheça o Parque Forestal às margens do Rio Mapocho.

Os chilenos adoram estar ao ar livre, por isso, é muito comum ver pessoas deitadas na grama logo após o almoço e aos finais de semana.

Após essas paradas obrigatórias, você pode curtir o fim de tarde no Patio Bellavista, que além de centro comercial oferece restaurantes, pubs, cafés e mais culinária da melhor qualidade. Só não se deixe levar pelo consumismo, pois o preço por ali não é dos mais acessíveis. Por fim, recomendo que conheça o centro de Santiago (a pé mesmo) para que além do famoso Palacio de La Moneda, conheça também a Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana de Santiago.

Agora, algo impossível de não ser notado é a enorme quantidade de cachorros nas ruas, los perros callejeros, que em geral são muito bem tratados, apesar de morarem nas ruas.

Frente corretora de câmbio - Viagem para o chile, conheça a catedral metropolitana

Santiago possui uma imensa quantidade de museus e todos valem ser conhecidos. Mas se você quer um passeio fascinante, após uma visita ao Mercado Central vá ao La Piojera.

É até difícil descrever o lugar, mas são vários bares e restaurantes concentrados no mesmo espaço com comida e música típica. Lá você poderá provar a deliciosa Chorillana (batata frita, carne e ovo) e o perigoso Terremoto, bebida à base de vinho, sorvete de abacaxi e finalizado com variações de groselha, fernet ou menta. Seu sabor doce é um convite a repetir a bebida por algumas vezes!

Em apenas dois dias você já pôde conhecer muito de Santiago, mas se deseja ir além das fronteiras da cidade não deixe de ir a Valparaíso e Viña del Mar, que estão a apenas 1 hora da capital e possuem atrações para um dia inteiro.

Valparaíso (carinhosamente Valpo) é extremamente colorida e dispõe de vários funiculares (uma espécie de bondinho para subir os íngremes morros da cidade). Lá em cima a vista é esplendorosa: o Porto, a cidade viva em cores e bem perto as praias de Viña del Mar, que é uma cidade praiana muito agradável.

Passando por Valpo, não deixe de conhecer uma das casas de Pablo Neruda: La Sebastiana. Poeta teve três casas no Chile: La Chascona (Santiago), La Sebastiana (Valparapiso) e Isla Negra (El Quisco) – todas belíssimas e a última seu porto final com uma vista magnífica do oceano.

O Chile é, com certeza, um país fascinante e para aqueles que ousam conhece-lo além das montanhas de neve e vinhas, apaixonante. O roteiro pode se estender por Concha y Toro, Restaurante Giratório e o tentador Mall Costanera (para quem gosta de compras), mas andar por aquelas ruas fará você querer voltar e conhecer o Deserto do Atacama, Cajón del Maipo e tantas outras belezas. Mas aí é um roteiro para o próximo feriado.

Uma dica: tenha em mãos a moeda local pois os estabelecimentos preferem receber em espécie do que por cartão, até porque, pagar propina (caixinha) nos restaurantes é um hábito local.

Algo prático é levar algum valor em dinheiro e o restante em cartão pré-pago para sacar nos caixas eletrônicos de lá, assim você poderá controlar melhor seus gastos. Outro ponto importante é fazer um seguro viagem, pois o atendimento médico no país costuma ser bem caro e complexo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *