Você sabe o que é Swift/Bic, IBAN e IOF?

 

A enorme quantidade de códigos e nomenclaturas existentes no mercado financeiro acabam por torna-lo complexo e enigmático. Mas, saber o significado de alguns deles pode ajudar a descomplicar a sua vida e entender melhor determinadas operações financeiras.

No mercado de cambio termos como Swift/Bic, IBAN, IOF são rotineiros. Quer saber o que eles significam?

SWIFT/Bic

São basicamente mesma coisa. A Sociedade para Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais (SWIFT) lida com o registro desses códigos. Por esta razão, os Códigos de Identificação Bancária (BIC) são frequentemente chamados de endereços ou códigos SWIFT.

Esse código é utilizado para identificar instituições bancárias e não-bancárias e é formado por 8 ou 11 dígitos, sendo que cada dígito ou combinação deles carrega uma informação.

 

Geralmente, o código BIC ou SWIFT pode ser encontrado no seu extrato bancário, porém, a forma mais segura de descobrir qual o código Swift/Bic do seu banco é perguntando diretamente ao seu gerente de conta.

IBAN

International Bank Account Number. É um código padrão composto por no máximo 34 caracteres utilizado para identificar contas bancárias, ou seja, cada conta possui um código.

O IBAN é utilizado em transferências internacionais e aumenta a segurança da operação, uma vez que, como se trata de um código único, diminui as chances de erro na operação.
Para saber qual o IBAN da sua conta, entre em contato com o gerente da sua conta bancária.

IOF

Imposto sobre Operações Financeiras. Trata-se de um imposto cobrado sobre operações de crédito, empréstimos, câmbio, seguro ou operações relativas a títulos ou valores imobiliários.

Essa taxa é cobrada por operação e seu valor é proporcional a operação sendo que cada uma delas tem uma tarifa distinta.
Veja as porcentagens de IOF para cada operação, segundo o Serasa:

  • Câmbio: Quando você compra moeda estrangeira, física ou usando o cartão internacional, cai sobre 6,38% do valor;
  • Seguro: O valor cobrado é de aproximadamente 7,38%, podendo chegar até 25%;
  • Cartão de crédito, empréstimo e financiamento: É cobrado 0,38% de IOF e tem um limite de 3%;
  • Títulos e fundos imobiliários: É 1,5% ao dia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *